Tim Berners-Lee inventou a web há 25 anos


A 12 de Março de 1989 o britânico Tim Berners-Lee publicou um artigo no qual explicava uma ideia chamada World Wide Web. A data ficou, desde aí, registada como o dia em que um dos maiores fenómenos do século XX – e, por extensão, do século XXI – foi inventado. Tim Berners-Lee, o homem a quem devemos tudo isto, trabalhava na altura no laboratório CERN (Organização Europeia para a Investigação Nuclear), na Suíça.

A WWW tornou possível a partilha de dados entre computadores, através de uma rede de links. No fundo, Tim Berners-Lee inventou um arquivo comum através de computadores ligados entre si. A web, como podemos chamar-lhe, mudou por completo o Mundo e a forma de nós comunicarmos uns com os outros.

O que Tim Berners-Lee apresentou a 12 de Março de 1989 foi apenas ideia, a ideia de World Wide Web, uma coisa que permitisse clicar em links que davam acesso a ficheiros alojados noutros computadores, com localizações diversas. Inicialmente, o conceito foi tudo menos bem aceite, não tendo Berners-Lee conseguido de imediato o apoio dos colegas do CERN, que ignoraram a proposta.

Mas o informático não desistiu. Conseguiu convencer o CERN a adoptar o WWW. E a 30 de Abril de 1993, a web foi aberta a todos, isto é, foi disponibilizada para uso geral.