Este é o Pono, um leitor de música para quem, tal como o Neil Young, não gosta do formato MP3


Desde que o digital chegou ao mundo da música que muita coisa mudou. A vontade de ter música portátil e acessível a qualquer altura, e em grande quantidade, levou a que formatos como o MP3 se tornassem populares e usados por praticamente toda a gente.

Ao comprimir os ficheiros audio, este tipo de formatos tornam os ficheiros muito mais leves, permitindo assim armazenar mais música em menos espaço. O problema é que, ao comprimir o ficheiro, perde-se qualidade. O objectivo de Neil Young com o leitor de música Pono é simples: fazer com que as pessoas não tenham de optar entre boa qualidade de som e a conveniência da música portátil e prática.

Este leitor de música, que já foi comparado a uma barra de Toblerone devido ao seu aspecto triangular e à sua cor amarela, permite reproduzir ficheiros FLAC. Este tipo de ficheiro contem muito mais informação que um ficheiro MP3, aumentando assim a qualidade sonora e, por sua vez, melhorando a experiência musical do ouvinte.

Com 128 GB fixos de memória flash, tem espaço para aproximadamente 100 álbuns. A forma triangular do aparelho permite dar espaço para componentes de melhor qualidade e uma bateria maior.

pono_toblerone

O projecto – que foi lançado no Kickstarter dia 11 de Março e que conseguiu, em menos de 24 horas, atingir o seu objectivo de 800 mil dólares – já conta com o apoio de artistas como Foo Fighters, Dave Matthews Band, Norah Jones e Beck, entre outros.