Spotify acaba com restrição das 10 horas mensais


O Spotify agora é assim em computadores e tablets: gratuito e ilimitado, mas com anúncios. Escondido no grande anúncio de ontem, ficou um anúncio mais pequeno, mas igualmente importante: o fim do limite das 10 horas gratuitas de música por mês.

O Spotify limitava o acesso gratuito à música em alguns mercados europeus, como Portugal. Os primeiros 6 meses eram de borla e a partir daí só se podia ouvir 10 horas de música por mês, isso se não quisesse subscrever um dos dois planos pagos na altura existentes. Contudo, a partir de agora, o Spotify é completamente gratuito e ilimitado em desktop e mobile (tablets, principalmente). Com anúncios, claro.

Com tanto serviço gratuito, porquê pagar 6,99 euros/mês para o serviço Premium? Quatro coisa: reprodução offline, sem anúncios, com qualidade 320 kbps e completamente ilimitado em smartphones. Ao The Next Web, Miles Lennon, Product Owner do Spotify, explicou que a remoção dos limites no modelo gratuito objectiva aumentar o engagement dos utilizadores dentro do serviço.