Facebook: Graph Search disponível em English US


O Graph Search, anunciado no início deste ano, está a crescer. Os utilizadores que usam o Facebook em English US já têm acesso à nova ferramenta de pesquisa, até aqui disponível unicamente para alguns em versão beta.  A versão agora pública é mais rápida e mais inteligente.

O Graph Search agora público é ligeiramente diferente do apresentado em Janeiro por Mark Zuckerberg. A barra azul no topo que discretamente incluía o campo de pesquisa deu lugar a uma barra azul com o campo de pesquisa vincado a branco. Perdeu-se no design, mas ganhou-se na usabilidade, uma vez que é agora mais fácil para a generalidade dos utilizadores entender onde se pesquisa.

fbgraphsearch_1

Para além desta pequena mudança na interface, o Graph Search é mais rápido, não só a sugerir potenciais pesquisas, mas também a mostrar resultados; percebe mais formas de fazer perguntas; e faz um melhor trabalho no mostrar os resultados mais relevantes primeiro.

O Graph Search continua sem funcionar no mobile e ainda não serve para pesquisar posts e comentários. No entanto, já permite a pesquisa de #hashtags. É possível pesquisar directamente por pessoas, páginas ou grupos, escrevendo, por exemplo, “Mark Zuckergerg”, “Facebook” ou “Football Team 2013”. Ou podemos usar frases simples, como “People who live in my city from my hometown” ou “Friends of friends who like The Simpsons” ou “Internet cafes in Lisbon”.

O Graph Search torna mais fácil fazer novas conexões. São muitos os usos que podemos fazer desta ferramenta. Por exemplo, encontrar amigos antigos ou conhecer novas pessoas que partilham os mesmos interesses que nós: “My friends who live in my city”; “People from my hometown”; “Friends of friends who live nearby and like playing tennis”. Ou encontrar fotos tiradas num dado local ou fotos de algo: “Photos I like”; “Photos of my family”; “Photos of my friends taken in San Francisco”. Ou descobrir restaurantes e outros sítios recomendados pelos amigos: “Hotels in Seattle visited by my friends”; “Cafes in Paris, France, visited by people who live in Paris, France”; “Restaurants in New York liked by graduates of the Culinary Institute of America”. Ou encontrar algo para fazer: “Movies my friends like”; “Books my friends of friends have read”; “Music liked by people who like the music that I like”.

fbgraphsearch_2

O Graph Search respeita as definições de privacidade dos utilizadores. Por exemplo, uma foto partilhada por mim com os meus amigos só pode ser pesquisa por eles; um utilizador que não seja meu amigo não a conseguirá encintrar. O mesmo acontece com os likes: se eu partilhar com os meus amigos apenas que gosto de determinada página, só os meus amigos conseguirão pesquisar essa informação.

De notar que não se consegue fazer uma rede social mantendo-a o mais privada possível. O Facebook continuará a explorar o seu gráfico social e a melhorar o Graph Search, expandindo-o a outros idiomas para além do English US, levando-o para o mobile e implementando a pesquisa de posts e de comentários.

Previous Facebook refina algoritmo do News Feed
Next Google Play Music All Access, o "Spotify da Google", disponível em Portugal