#Hashtags #no #Facebook


Popularizadas pelo Twitter e adoptadas desde o início pelo Google+ (e também por outras plataformas, como o Instagram, o Tumblr ou o Pinterest), as #hashtags permitem adicionar um contexto a algo que publicamos. A partir de hoje, as #hashtags funcionam também no Facebook.

Todos os dias, milhões de pessoas usam o Facebook para falar de grandes acontecimentos, como um programa de televisão, um dado jogo de futebol ou um tema específico da actualidade política e económica. Nos EUA, por exemplo, durante o horário nobre televisivo, entre 88 e 100 milhões de pessoas falam sobre o que estão a ver no Facebook. O último episódio da temporada da série Game Of Trones, obteve 1.5 milhões de menções no Facebook, o que representa uma fatia considerável das 5,2 milhões de pessoas que viram o episódio na televisão. Os Óscares, por seu lado, geraram 66,5 milhões de interecções, incluíndo likes, comentários e posts. Os dados são do Facebook e mostram como a rede social é, tal como o Twitter (vá, e o Google+), um espaço que as pessoas usam para conversarem sobre o que se passa em seu redor.

Para potenciar as conversas sobre eventos e outros tópicos no Facebook, este decidiu introduzir (finalmente) as hashtags, algo que o Twitter e o Google+ sempre tiveram. Agora é possível adicionar um contexto aos nossos posts no Facebook, tornando-os parte de uma conversa maior e de âmbito global. Por exemplo, se fizer um post sobre o Game Of Trones, posso adicionar a hashtag #GoT. Clicando nela, tenho um feed com os posts das pessoas e das páginas que falam sobre esse assunto.

É possível pesquisar por hashtags no Facebook, adicionar hashtags a posts e entrar na conversa sobre determinado tópico directamente no feed da respectiva hashtag.