Google redesenha Google+ e aposta nas fotos


O Google+ pode ainda não ter roubado muita actividade ao Facebook, nem ter os nossos amigos, mas é de longe a rede social mais bonita e coerente multi-plataforma e a rede social que melhor trata as nossas fotografias. No Google I/O, Vic Gundotra, um dos homens fortes por detrás do Google+, anunciou uma série de novidades para a rede social da Google.

A Google renovou recentemente as apps mobile para Android e iOS, equipando-as com um novo design, mais simples, mais moderno e mais rápido. As apps ganharam um novo Stream, que agora chega ao desktop. O Google+ recebeu ainda um excelente update quanto às fotografias: agora, para além de as guardar, ele melhora-as e selecciona as mais relevantes.

O Google+ tem hoje mais de 390 milhões de utilizadores activos, mas apenas 190 milhões dos quais são activos no Stream. Todos os outros relacionam-se com o Google+ em toda a plataforma Google, seja a fazer +1 na web ou nas apps do Google Play, a realizar videochamadas no Gmail, a partilhar vídeos no YouTube, etc.

Um novo design

gplus_redesign_1

Nos dias de hoje, as pessoas estão constantemente a trocar de dispositivos: ora estão num computador, ora no seu smartphone, ora no seu tablet. Ora, para construir software baseado nas relações da vida real, como o Google+, é precisa uma experiência uniforme entre mobile e desktop, fazendo com que essa seja uma experiência simples e agradável nos vários dispositivos. Há uns meses, a Google criou essa experiência no mobile; agora, trouxe-a para a web/o desktop.

Assim, a Google renovou ainda o design do Google+ no desktop, tornando-o mais visual e simples, focado nas pessoas e no conteúdo que os interessa. Aproximou-o, no fundo, da versão mobile.


Os posts ficam dispostos agora em uma, duas ou três colunas dependendo do tamanho e da orientação do nosso ecrã, tornando o conteúdo mais rico e fácil de navegar. Cada post é um cartão, que podem ser virados para ver o conteúdo que têm no verso. Alguns posts com fotos e vídeos aparecem em destaque, ocupado toda a largura; outros ficam restritos à sua coluna. Todo o Google+ está cheio de animações, acrescentando valor à experiência.

Related Hashtags

O Google+ tem agora uma coisa chamada Related Hashtags. Agora o Google+ analisa todos os nossos posts e adiciona-lhes automaticamente hashtags, permitindo que o conteúdo postado na rede social seja facilmente encontrado. Desta forma, a Google liga um nosso post sobre a final da Liga Europa, por exemplo, a todos os outros posts sobre esse mesmo assunto. O Google+ é suficientemente inteligente para determinar o assunto de cada post. Por exemplo, se publicarmos uma fotografia da Torre Eiffel sem qualquer legenda, o Google+ adicionará a hashtag #EffielTower.

Ao clicar na Related Hashtag, o cartão vira para nos mostrar mais conteúdo sobre aquele assunto. Suponhamos que uma pessoa publica sobre um jogo do Benfica, o Google+ atribui a hashtag #SLBenfica; clicando nessa hashtag, o cartão com o post dessa pessoa vira-se ao contrário e mostra outro conteúdo publicado por outros utilizadores, dentro do mesmo tema.

Fotos: a nossa sala escura é hoje o data center da Google

gplus_redesign_2

Quase 2 anos depois, a rede social da Google pode ainda não ter tirado muito actividade ao Facebook. Mas, apesar de o Google+ não ter ainda os nossos amigos, ele tem um dos maiores e mais poderosos Data Centers do Mundo. Na quarta, a Google começou a usar esta sua poderosa cloud para, através das fotografias, conquistar utilizadores.

O objectivo do Google+ é ser melhor plataforma de partilha de fotos online. No Google I/O, foram anunciadas algumas novidades significativas, como a correcção automática de fotos e a selecção automatica das fotos mais importantes num determinado álbum. A Google está claramente a usar o poder da sua cloud e dos seus algoritmos para tornar o Google+ a melhor casa online para as nossas fotografias. No fundo, a Google quer as nossas fotografias para atrair os nossos amigos

A estratégia “mais e melhores fotos, logo mais pessoas” já foi seguida pelo Facebook, pelo Flickr e pelo Instagram, por exemplo. Mas, neste jogo, o Google+ tem uma vantagem: as fotografias foram desde cedo um dos conteúdos mais relevantes da rede social e atrairam para ela inúmeros fotógrafos, o que chegou a ameaçar os senhores do Flickr.

O Google+ quer que carreguemos todas as fotos que tiremos com o telemóvel, o tablet ou até a nossa câmara fotográfica “profissional” para a sua cloud. E, por isso, oferece no mobile o Instant Upload (aka Auto Backup), isto é, o upload automático das fotos tiradas para um álbum privado, podendo posteriormente ser partilhadas. Este upload é ilimitado para fotos com até 2048 pixels de largura, ou limitado a 15 GB gratuitos para fotos com mais de 2048 pixels de largura. As fotos carregadas para o Google+ ficam guardadas em segurança online, em privado, e está acessíveis a partir de qualquer dispositivo.

Highlights

Mas o Google+ faz mais do que arquivar as nossas fotos. Ele selecciona as melhores fotos tiradas, por exemplo, numa viagem. A funcionalidade chama-se Highlights e promete facilitar a vida de muitos. Tiramos sempre muitas fotos nas nossas férias, mas depois não temos paciência ou tempo para seleccionar as melhoras. Ora o Google+ faz isso por nós, automaticamente.

O Google+ analiza todas as nossas fotos, eliminando as duplicadas, as tremidas e as com pouca luz, e destacando aquelas que têm as pessoas de quem gostamos, as de paisagens e todas as outras com atributos positivos. Os resultados são automáticos e quase instantâneos; ficam disponíveis na secção Highlights do Photos prontos para serem partilhados.

Auto Enchance

As melhores fotografias não são tiradas, são feitas. E muitos de nós não temos tempo ou paciência para editar as nossas fotos. O Google+ melhora automaticamente as nossas fotos das férias, dos aniversários, das saídas com os amigos… Chama-se Auto Enchance. Através do Auto Enchance, o Google+ melhora o brilho, o contraste, a saturação, o ruído, o focus e outros aspectos automaticamente nas nossas fotos. Fá-lo automaticamente, isto é, assim que carregamos uma foto para o Google+, ela é melhorada (se não gostamos das alterações, podemos sempre revertê-las).

gplus_photo_autoenhance

Auto Awesome

Por fim, o Google+ tem uma coisa chamada Auto Awesome que é verdadeiramente espectacular. Por exemplo, se carregamos uma sequência de fotografias, ele junta-as numa só imagem animada (aka GIF). Se carregamos uma série de retratos de família, ele analisa o sorriso de cada elemento e junta o melhor sorriso de cada um num só retrato. Outro exemplo: fotografamos uma paisagem de vários ângulos; ele junta todas essas fotos numa mesma foto, panorâmica. No fundo, o Auto Awesome criar uma nova imagem a partir de um conjunto de fotos.

gplus_photo_motion1

gplus_photo_motion2

E é isto que acontece quando se combina a nossa câmara fotográfica com a cloud da Google.