Google Play Music chegou a Portugal


No que à música diz respeito, 2013 começou bem em Portugal. A chegada do Spotify em Fevereiro a colocou os portugueses a ouvir música por streaming de música. Agora surge o Google Play Music, um serviço que, tal como o iTunes, vende música, mas que faz mais do que isso: guarda-a. Isso mesmo: armazena 20 mil de músicas, gratuitamente, na nuvem.

O Google Play é a casa da Google para o entretenimento. Alberga apps e jogos, música, filmes e programas de TV, livros e revistas. Até aqui só as apps e os jogos funcionavam em Portugal. A música passou ontem a estar disponível também, isto depois de se ter arrancado em 2011 nos EUA e de ter avançado em Novembro para 5 países europeus: Reino Unido, Itála, França, Alemanha e Espanha. O Google Play Music, assim se chama, permite comprar música e também guardá-la na cloud.

Comprar música

Na loja do Google Play Musica, o utilizador pode comprar e descarregar canções ou álbuns inteiros, sem mecanismos de protecção, vulgarmente conhecidos por DRM e que limitam o uso que é possível fazer dos ficheiros. Os preços são praticamente os mesmos praticados pela Apple na sua iTunes Store). Por exemplo, o novo álbum dos The Strokes, intitulado Countdown Machine custa 7,99 euros; e cada faixa custa 99 cêntimos.

O Google Play Music está obviamente integrado com o Google+, sendo a partilha de música com os amigos, a família, os colegas de trabalho ou o Mundo muito interessante. Por exemplo, se comprar uma música na loja, posso enviá-la a uma pessoa no Google+ e essa pessoa pode ouvir a música por inteiro uma única vez.

gplaymusic_store

20 mil de músicas na nuvem

O Google Play Music oferece espaço para 20 milhões de músicas, compradas ou não na loja da Google. Isto é, qualquer utilizador com uma conta Google pode guardar gratuitamente até 20 mil de músicas da colecção pessoal na nuvem (cloud) e reproduzi-las em qualquer lado.

A música armazenada nos servidores da Google fica disponível no computador (independente do sistema operativo) e nos tablets e smartphones Android para escuta ilimitada, sem necessidade de download.

gplaymusic_cloud

Para tal, basta ir a music.google.com e activar o serviço (são necessários os dados do cartão de crédita no Google Wallet). O próximo passo é descarregar a app Music Manager para OS X ou Windows. Através desta, é possível importar a música que temos no iTunes para os servidores da Google.

gplaymusic_app1 gplaymusic_app2

Este serviço é indicado para todos aqueles que resitem ao Spotify, preferido o iTunes, e que gostariam de ter a sua música em qualquer dispositivo, principalmente se este for Android. (A Apple tem o iTunes Match, que coloca, por 20 euros/ano, a nossa música na nuvem, disponibilizando-a em qualquer Mac, iPhone, iPad ou iPod Touch.)

Artists Hub

O Artists Hub é uma das partes do Google Play Music e permite aos músicos criarem uma loja online e venderem as obras directamente ao público. O preço é decidido pelos artistas e o Google fica com 30%.

Previous WeTransfer: simplicidade
Next Mensagens secretas em fotografias do Facebook? Sim, é possível