Facebook redesenha News Feed


“Adeus, tralha.” O Facebook apresentou esta tarde, em conferência de imprensa, um redesenhado News Feed. Simples, organizado, consistente e, acima de tudo, bonito, o novo News Feed segue a linha gráfica da Timeline e do Graph Search, está organizado em categorias e dá destaque às fotografias e aos vídeos.

“What we’re trying to do is to give everyone in the world the best personalized newspaper. It should have quality, public content and from friends, it should have a front page and it should let you drill down into any topic you want. It should be visual, rich and engaging”, referiu Mark Zuckerberg.

Ao construir o novo News Feed, o Facebook eliminou todo o ruído que o antigo tinha, retirando-lhe tudo aquilo que era acessório ou simplesmente redundante, de modo a realçar as histórias dos amigos, dos colegas, da família e de tudo o resto que de facto interessa ao utilizador. Cada conteúdo foi repensado e o modo como ele é apresentado no News Feed ajustado a uma perspectiva user friendly.

fb_nfredesign_sidebar

O novo News Feed torna o Facebook muito intuitivo e também muito mais bonito, há que dizê-lo. O News Feed passa a estar organizado por categorias: All Friends mostra as histórias dos amigos, na ordem que estes as publicam; Photos incluí todas as fotografias partilhadas por perfis e por páginas; Groups com as publicações dos grupos aos quais o utilizador pertence, por ordem cronológica; Following incluí actualizações das páginas e das pessoas que o utilizador segue (figuras públicas, por exemplo); Games com as actualizações dos jogos que o utilizador joga ou os amigos jogam; Music com publicações das bandas e dos artistas e as músicas que os amigos estão a ouvir. Permanecem as listas de amigos (close friends, colegas de trabalho, colegas da universidade…) e as listas de interesse. Estas categorias não são propriamente novas. O feed de música e o de jogos já existiam; e o Following é uma versão melhorada do feed de páginas.

Com esta separação dos feeds podemos ter uma utilização mais “smart” uma vez que podemos encontrar exactamente aquilo que procuramos, sem termos de gastar o scroll do rato. As fotografias têm um especial destaque neste News Feed redesenhado Tornam-se visualmente mais apelativas e aumentam de tamanho. Eis uma comparação entre o modelo antigo (à esquerda) e o novo (à direita). Note-se ainda os novos botões Like, Comment e Share.

fb_nfredesign_photos

O feed Photos incluí apenas fotografias. Navegando nele, não somos interrompidos com nenhum outro tipo de conteúdo além do esperado. “Now that we all have these cameras in our pockets, news feed has become primarily about visual content. Almost 50% of content in the News Feed is visual”, observou Zuckerberg, salientando que em 2011 as imagens ocupavam apenas 20% do News Feed (na altura, este era maioritariamente texto). As imagens têm de ter no mínimo 600×600 pixeis.

Quando várias pessoas partilham um mesmo link ou ouvem uma mesma música, o Facebook geralmente agreda essas histórias. As agregações são agora apresentadas desta forma. (Uma nota sobre os links: convém, o thumbnail ter pelo menos 200×200 pixeis.)

fb_nfredesign_aggregations

Com esta actualização, o Facebook consegue oferecer uma experiência universal e consistente em todas as plataformas (desktop, smartphone e tablet), contribuindo para uma uniformização dos conteúdos. A noção de intuitivo está há muito presente na experiência mobile e o Facebook trouxe-a agora para a versão web, sendo o resultado uma experiência integrada.

fb_nfredesign_mobile

O novo News Feed marca o fim do Ticker, o feed real-time que desde 2011 ocupava o lado direito do Facebook, permitindo seguir em tempo real toda a actividade realizada pelos utilizadores na rede social. Finalmente, o Facebook introduz um menu, visível em qualquer parte da rede. Esse menu incluí os items mais utilizados pelo utilizador e ainda o chat. Nesta primeira fase, o novo News Feed está encontra-se em fase experimental para um numero restrito de pessoas.

As apps para iOS e Android deverão ser actualizadas nas próximas semanas. Para mais informações e também para ter este News Feed mais cedo, é visitar www.facebook.com/newsfeed.

(Artigo por João Miguel Dordio.)