O novo iMac: fino e poderoso


Um poderoso MacBook Pro Retina Display de 13 polegadas, um renovado Mac Mini e um elegante iMac. São estas as três grandes novidades no mundo de desktops e de portáteis da Apple, reveladas esta tarde por Phil Schiller. Começemos pelo iMac.

A nova geração do iMac — a oitava – foi, certamente, a estrela de toda a tarde. É extraordinariamente linda e inacreditavelmente fina! O ecrã 5 mm mais fino e a ausência de disco óptico permitiram uma redução em 45% da expessura do “brinquedo”. Não tem Retina Display, mas as cores são mais vivas e brilhantes; é ainda prometida uma redução em 75% do reflexo e do blur. Olhando para o interior do novo iMac, encontramos processadores Intel quad-core (i5 ou i7), gráficos NVIDIA e ainda uma nova coisa chamada Fusion Drive.

Anteriormente, era possível escolher apenas entre um disco Flash (permite maior performance) e um disco HDD (permite maior armazenamento). Agora existe uma terceira opção, chamada Fusion Drive. Incluí 128 GB flash storage, para o OS X, para as as apps pré-instaladas e para as apps mais utilizadas, e  1TB ou 3 TB HDD para os restantes ficheiros e para as apps menos utilizadas. O resultado é um iMac poderosamente rápido.

O novo iMac está disponível em duas versões: 21.5 polegadas (1,499 dólares, em Novembro) e 27 polegadas (1,999 dólares, em Dezembro).

Previous O menu Instagram
Next O iPad encolheu