Brian Eno escreveu uma das melhores mensagens de Ano Novo


No primeiro de Janeiro, o compositor e produtor britânico publicou no seu Facebook uma mensagem de Ano Novo que merece a nossa atenção. Brian Eno faz um apelo à igualdade e uma reflexão séria sobre o que marcou o último ano, num texto pontuado, apesar de tudo, pela esperança e proactividade.

“2016 foi realmente um ano bastante difícil, mas pergunto-me se é o fim – não o começo – de um longo declínio”, escreveu Brian. “Ou pelo menos o começo do fim… porque eu acho que estivemos em declínio há cerca de 40 anos, sofrendo um lento processo de des-civilização, mas só nos apercebemos disso agora.”

O músico esclarece: “Este declínio inclui a transição de emprego seguro para emprego precário, a destruição dos sindicatos e o encolhimento dos direitos dos trabalhadores, contratos de hora zero, o desmantelamento do governo local, um serviço de saúde desmoronando, um sistema de educação insuficiente e orientado por resultados sem sentido e competições, a marginalização cada vez mais aceitável dos imigrantes, o nacionalismo precipitado e a concentração de preconceitos permitidos pela comunicação social e pela internet.”

Brian Eno culpa as “acentuadas desigualdades de riqueza” pelo declínio da democracia e, referindo-se novamente a 2016, disse que “no ano passado, as pessoas começaram a acordar” para este problema. “É o início de algo grande. Vai envolver interações: não apenas tweets, likes e swipes, mas acções socio-políticas criativas e pensadas”, continuou. “Se queremos  generosidade social, então devemos pagar nossos impostos e livrar-nos dos nossos paraísos fiscais. E se queremos políticos que pensam, então devemos parar de apoiar os mais carismáticos.”

O músico britânico, que em Junho fez um post a pedir o voto favorável à permanência do Reino Unido na União Europeia, concluiu que a “desigualdade come o coração de uma sociedade, criando desdém, ressentimento, inveja, suspeita, violência, arrogância e insensibilidade” e que “se queremos algum tipo de futuro decente, temos de fugir para longe disso e acho que estamos a começar a fazê-lo”.

No dia 1 de Janeiro, Brian Eno lançou Reflection, um disco de música ambiente editado pela Warp Records. Está disponível em suporte físico e digital, incluindo no Spotify.

2016/2017The consensus among most of my friends seems to be that 2016 was a terrible year, and the beginning of a long…

Publicado por Brian Eno em Domingo, 1 de janeiro de 2017

Previous Football Leaks, uma fuga aqui tão perto
Next Novo serviço dos CTT permite comprar em sites que só enviam para os EUA