As aplicações mais populares em 2016 são todas da Google ou do Facebook


A consultora Nielsen olhou para as aplicações mais populares nos Estados Unidos e concluiu que pertencem quer à Google, quer ao Facebook. É um mercado muito bipartido.

Quer uses o Facebook, o Messenger, o Instagram, estás no território de Mark Zuckerberg, dono da plataforma que 1,8 mil milhões de pessoas usam todos os meses. Mas o Facebook não é a única empresa a “deter” uma boa parte da internet. Muitos usam o Google Maps, pesquisam no Google Search, têm conta de e-mail no Gmail, descarregam conteúdos no Google Play e vêem vídeos no YouTube. Estas cinco aplicações fazem parte da lista de 8 aplicações mais usadas em 2016. A elas juntam-se as três apps do Facebook, supra-referidas.

A essas 8 aplicações junta-se o Apple Music na 9ª posição e a app da Amazon na 10ª posição. Recorde-se que os dados referem-se unicamente aos Estados Unidos. A tabela não inclui fenómenos como o Pokémon Go ou o Prisma, nem sucessos como o Snapchat, o WhatsApp, o Netflix ou o Spotify.

Podes ler mais sobre este assunto nesta publicação do blogue freeCodeCamp.

Previous Renováveis representaram 57% do consumo de electricidade em 2016 em Portugal
Next Afinal, o uso de capacete deve ou não ser obrigatório para ciclistas?