Yahoo sofreu outro ataque informático. E foi ainda mais grave que o primeiro


Depois de confirmar em Setembro que pelo menos 500 milhões de utilizadores foram roubados em 2014 da sua rede, a empresa – que está em processo de aquisição pela Verizon – revelou um ataque informático ainda maior. Aconteceu um ano antes, em 2013.

Mais de mil milhões de contas Yahoo viram os seus dados roubados em Agosto de 2013. A Yahoo acredita que os ataques de 2013 e 2014 não têm qualquer relação. Numa publicação, Bob Lord, director máximo de segurança da Yahoo, diz que não foi possível determinar como é que os dados de todos esses utilizadores foram roubados.

Nomes, endereços de e-mail, números de telefone, datas de nascimento, passwords encriptadas, questões de segurança e respectivas respostas estão entre as informações obtidas ilicitamente por terceiros. A Yahoo refere que palavras-passe e dados bancários não terão sido afectados pelo ataque.

Face a esta nova revelação, os utilizadores do Yahoo devem alterar as suas palavras-passe e perguntas de segurança, evitar clicar em links ou descarregar anexos de emails suspeitos, e activar a ferramenta de verificação Yahoo Account Key.

O novo ataque informático à Yahoo, o maior de sempre, pode ensombrar mais uma vez o negócio com a operadora de telecomunicações norte-americana Verizon.

Previous Confirmados para o NOS Alive 2017: The XX
Next O Messenger tem uma nova câmara “à lá Snapchat”