A erva também ganhou as eleições nos EUA


A América vai ficar mais verde. Nove estados norte-americanos votaram a legalização recreativo e/ou medicinal da cannabis no passado 8 de Novembro, o mesmo dia em que Donald Trump foi eleito o próximo Presidente dos Estados Unidos.

O estado da Califórnia, ao qual pertencem algumas das cidades de que mais ouvimos falar nas séries e nos filmes, como Los Angeles e São Francisco, e que integra ainda Silicon Valley, foi um dos estados onde a erva passou a ser legal para fins recreativos – já o era para uso medicinal. A Proposta 64, levada a votação, permite transportar até uma onça de marijuana e também plantar seis variedades diferentes, por parte de adultos com mais de 21 anos.

ervaeuaeleicoes_02

A legalização da erva ganhou ainda em Maine, Massachusetts e Nevada, mas perdeu no Arizona. Com a Califórnia, sobe para oito o número de estados onde a marijuana pode ser usada para fins recreativos – já era legal em Colorado, Washington, Oregon e Alasca, assim como na capital Washington DC.

Já a cannabis medicinal ganhou em Arkansas, Florida e Dakota do Norte. Em Montana, foi aprovada uma iniciativa que alarga o programa medicinal já existente naquele estado. Existem agora mais estados onde a erva medicinal é legal do que estados em que é proibida.

Para mais detalhes sobre as propostas aprovadas em cada estado, podes consultar este artigo da Vox. Podes, em alternativa, consultar este site da Marijuana Policy Project.

Foto: Beverly Thompson/Flickr

Previous My Chemical Romance: quando os miúdos não estão bem
Next Ferramenta online promete seguir todos os passos de Trump