A Feira Popular vai voltar… e tu podes ajudar a escolher as diversões (e não só)


A Feira Popular de Lisboa, que desapareceu em 2003, vai regressar à capital num futuro próximo. A nova Feira Popular será instalada em Carnide, num parque urbano de 20 hectares, ou seja, quatro vezes maior que o antigo terreno de Entrecampos.

Depois de ter sido instalada em 1943 junto à actual Praça de Espanha, em Palhavã, e de se ter mudado em 1961 para Entrecampos, a Feira Popular conhecerá agora a sua “terceira casa”, que, para além de um local de divertimento, contará com um grande espaço de lazer. O novo terreno situa-se a poucos minutos do centro comercial Colombo, é servido pelas principais vias rodoviárias da cidade (Segunda Circular, CRIL e Eixo Norte-Sul) e tem acesso directo à estação de metro da Pontinha.

A Câmara não quer que a nova Feira Popular de Lisboa seja uma mera imitação de Palhavã ou de Entrecampos, mas antes um parque temático que preserve as diferentes memórias e vivências dos antigos visitantes e simultaneamente apresente um conceito actualizado.

afeiravaivoltar_02

Assim, a autarquia criou um espaço online para ouvir a tua opinião. Que diversões gostarias que a Feira tivesse? As mais tradicionais ou também atracções inovadoras? O que valorizas mais, o estacionamento ou a existência de espaços de aventura e adrenalina? E quanto à alimentação, roulotes tradicionais ou opções vegetarianas? Deverá existir um espaço para grandes concertos? Uma sala para exposições? Uma discoteca é importante? Wi-fi no recinto?

afeiravaivoltar_03

O site feirapopulardelisboa.pt contém vários testemunhos vídeo sobre a antiga Feira Popular, permite o acompanhamento do projecto e convida à partilha de testemunhos, fotografias e outros documentos. A nova Feira deverá ser para todos – para pais e filhos, para avós e netos, para lisboetas e turistas. Um parque moderno e de qualidade, numa zona da cidade que carece de intervenção. O projecto prevê a revisão total do sistema viário em Carnide/Pontinha e a criação de um parque de estacionamento com mais de mil e quinhentos lugares.

As obras para dar início à nova Feira Popular de Lisboa deverão arrancar antes do final do ano.

Previous 5 artistas, 5 vídeos, 1 motivo: NOS Primavera Sound
Next Aveiro visto de cima